O modo subjuntivo é usado para transmitir um acontecimento irreal, hipotético ou desejado, ou seja, de possível realização, mas ainda incerto. Através dos tempos verbais do modo subjuntivo, expressam-se ações imprecisas, que ainda não foram realizadas e que dependem de outras para acontecer.

O modo subjuntivo é uma dos modos verbais, juntamente com o modo indicativo e o modo imperativo. Os modos verbais indicam a posição do emissor ou agente face a ação verbal.

Exemplos de verbos no subjuntivo

  • Verbo andar: que eu ande, se ele andasse, quando nós andarmos,...
  • Verbo usar: que ele use, se nós usássemos, quando eles usarem,...
  • Verbo ser: que eles sejam, se nós fôssemos, quando eu for,...
  • Verbo ter: que nós tenhamos, se eles tivessem, quando eu tiver,...
  • Verbo sair: que tu saias, se eu saísse, quando nós sairmos,...
  • Verbo ir: que eu vá, se eles fossem, quando nós formos,...

Tempos verbais simples do modo subjuntivo

Presente do subjuntivo: Meu pai quer que eu estude mais.
Pretérito imperfeito do subjuntivo: Seria mais fácil se eu estudasse mais.
Futuro do subjuntivo: Quando eu estudar mais, serei melhor aluno.

Tempos verbais compostos do modo subjuntivo

Pretérito perfeito composto do subjuntivo: Minha mãe acredita que eu tenho estudado mais.
Pretérito mais-que-perfeito composto do subjuntivo: Ela acreditou que eu tivesse estudado mais.
Futuro composto do subjuntivo: Quando eu tiver estudado mais, falarei com ela.

Formação dos tempos do modo subjuntivo

Existem tempos verbais primitivos e tempos verbais derivados. Os tempos verbais primitivos se referem a tempos verbais já existentes no latim: presente do indicativo, pretérito perfeito do indicativo e infinitivo impessoal. Os tempos verbais derivados são todos os outros que se foram a partir dos três tempos verbais primitivos.

Presente do subjuntivo: tempo verbal derivado do presente do indicativo.
Pretérito imperfeito do subjuntivo: tempo verbal derivado do pretérito perfeito do indicativo.
Futuro do subjuntivo: tempo verbal derivado do pretérito perfeito do indicativo.