O imperativo é um dos modos verbais, juntamente com o modo indicativo e o modo subjuntivo. No modo imperativo a pessoa falante leva o seu interlocutor a realizar uma ação, expressando o que quer que ele faça. 

Assim, a ação transmitida por um verbo no imperativo é um pedido, convite, exortação, ordem, comando, conselho ou súplica.

O imperativo se divide em imperativo afirmativo e imperativo negativo, sendo conjugados de forma diferente. Em ambos não existe flexão na 1.ª pessoa do singular (eu).

Exemplos de uso do modo imperativo

  • Pare com essa brincadeira.
  • Jogue o lixo fora, por favor.
  • Resolva esse problema rápido.
  • Vai fazer o dever de casa.
  • Sai da frente!
  • Para!

Imperativo afirmativo

No imperativo afirmativo, a ordem, pedido, convite, conselho, exortação,… é feita através de uma afirmação.

Verbo pararVerbo trazerVerbo sair
--- (eu)
para (tu)
pare (você)
paremos (nós)
parai (vós)
parem (vocês)
--- (eu)
traz (tu)
traga (você)
tragamos (nós)
trazei (vós)
tragam (vocês)    
--- (eu)
sai (tu)
saia (você)
saiamos (nós)
saí (vós)
saiam (vocês)

Formação do imperativo afirmativo

No imperativo afirmativo, a 2.ª pessoa do singular (tu) e a 2.ª pessoa do plural (vós) derivam do presente do indicativo, sendo retirado o -s final das formas conjugadas no presente.

Presente do indicativo:
Tu estudas
Vós estudais

Imperativo afirmativo:
Estuda tu
Estudai vós

A 3.ª pessoa do singular (ele), a 1.ª pessoa do plural (nós) e a 3.ª pessoa do plural (eles) derivam do presente do subjuntivo, sendo conjugadas da mesma forma.

Presente do subjuntivo:
Que ele estude
Que nós estudemos
Que eles estudem

Imperativo afirmativo:
Estude ele
Estudemos nós
Estudem eles

Veja também: Terminações do imperativo afirmativo

Imperativo negativo

No imperativo negativo, a ordem, pedido, convite, conselho, exortação,… é feita através de uma negação.

Verbo pararVerbo trazerVerbo sair
--- (eu)
não pares (tu)
não pare (você)
não paremos (nós)
não pareis (vós)
não parem (vocês
--- (eu)
não tragas (tu)
não traga (você)
não tragamos (nós)
não tragais (vós)
não tragam (vocês)
--- (eu)
não saias (tu)
não saia (você)
não saiamos (nós)
não saiais (vós)
não saiam (vocês)

Formação do imperativo negativo

O imperativo negativo é conjugado conforme o presente do subjuntivo.

Presente do subjuntivo:
Que tu estudes
Que ele estude
Que nós estudemos
Que vós estudeis
Que eles estudem

Imperativo negativo:
Não estudes tu
Não estude ele
Não estudemos nós
Não estudeis vós
Não estudem eles

Veja também: Terminações do imperativo negativo

Dúvidas no uso do imperativo

O principal erro na utilização do imperativo está relacionado com a confusão existente entre a 2.ª pessoa do discurso (tu) e a 3.ª pessoa do discurso (você). A maioria dos brasileiros utiliza a 3.ª pessoa do discurso, mas utiliza o imperativo na 2.ª pessoa do discurso, havendo assim falta de uniformidade e coesão.

Formas imperativas para tratamento com você

  • faça
  • diga
  • veja
  • venha
  • parta
  • beba
  • ouça
  • sorria

Formas imperativas para tratamento com tu

  • vai
  • faz 
  • diz
  • vem
  • parte
  • bebe
  • ouve
  • sorri

Nota: Alguns verbos, como ser, ir, querer, estar e dar, apresentam formas irregulares no imperativo.

Saiba, também, tudo sobre o modo indicativo e o modo subjuntivo.