Os verbos auxiliares são usados em locuções verbais, tempos compostos e voz passiva, juntamente com as formas nominais dos verbos (infinitivo, particípio e gerúndio), que atuam como verbo principal.

Nas locuções verbais apenas o verbo auxiliar é flexionado, indicando o tempo, o modo, o número, a pessoa e o aspecto da ação verbal.

Principais verbos auxiliares

ser;
estar;
ter;
haver;
ficar.

Exemplos de uso de verbos auxiliares

  • Ter: Eu tenho estudado para o exame.
  • Ser: O ator foi convidado para a gala.
  • Estar: Estarei esperando você!
  • Estar: Está chegando o avião da Paula.
  • Ser: Sei que vou ser feliz!
  • Haver: Hei de conseguir aquele emprego.

Verbos auxiliares acurativos

São chamados de verbos auxiliares acurativos os verbos que, combinados com o verbo principal no gerúndio ou infinitivo, são usados para indicar com maior rigor os momentos da ação verbal, indicando o início da ação, a continuidade da ação, a repetição da ação, o fim da ação, entre outros.

Exemplos de verbos auxiliares acurativos

andar;
ir;
vir;
começar;
continuar;
tornar;
voltar;
costumar;
acabar;
deixar.

Exemplos de uso de verbos auxiliares acurativos

  • Começar: Começar a estudar é sempre complicado, mas depois embalo.
  • Continuar: Minha avó, aos oitenta anos, continua ouvindo rock.
  • Acabar: Finalmente acabei de escrever meu livro!

Verbos auxiliares modais

São chamados de verbos auxiliares modais os verbos que, combinados com o verbo principal no gerúndio ou infinitivo, são usados para indicar com maior rigor o modo como ocorre a ação verbal, indicando obrigatoriedade, possibilidade, vontade, intenção, esforço e finalização, entre outros.

Exemplos de verbos auxiliares modais

dever;
poder;
querer;
conseguir;
pretender;
tentar;
chegar.

Exemplos de uso de verbos auxiliares modais

  • Poder: É muito bom poder vivenciar este momento com você.
  • Querer: Eles querem aprender alemão.
  • Pretender: Pretendo ganhar esse prêmio literário.