O pretérito mais-que-perfeito do indicativo é usado para indicar uma ação que ocorreu antes de outra ação passada. Pode indicar também um acontecimento situado de forma incerta no passado. Tem uma utilização muito limitada, sendo maioritariamente utilizado em exclamações, em linguagem poética ou na sua forma composta.

Terminações do pretérito mais-que-perfeito do indicativo (verbos regulares)

1.ª conjugação (-ar)
(Eu) radical + -ara
(Tu) radical + -aras
(Ele) radical + -ara
(Nós) radical + -áramos
(Vós) radical + -áreis
(Eles) radical + -aram

2.ª conjugação (-er)
(Eu) radical + -era
(Tu) radical + -eras
(Ele) radical + -era
(Nós) radical + -êramos
(Vós) radical + -êreis
(Eles) radical + -eram

3.ª conjugação (-ir)
(Eu) radical + -ira
(Tu) radical + -iras
(Ele) radical + -ira
(Nós) radical + -íramos
(Vós) radical + -íreis
(Eles) radical + -iram